Polícia / Trânsito

Representante comercial fica ferido ao tentar conter motorista que provocou acidente

Homem foi arrastado por cerca de 100 metros e sofreu ferimentos por todo o corpo

Arlindo Florentino Publicado em 14/03/2016, às 13h59

None
1234233_10207432557725289_2366044190931382401_n.jpg

Homem foi arrastado por cerca de 100 metros e sofreu ferimentos por todo o corpo

Um representante comercial de 42 anos de idade sofreu ferimentos generalizados, ao tentar conter um motorista que havia acabado de bater em seu carro, provocando danos materiais.

O acidente aconteceu por volta das 23h na Via Park, pouco depois da rotatória da Avenida Mato Grosso. De acordo com relato da vítima, ele havia saído do shopping e dirigia-se para casa, na Mata do Jacinto em uma caminhonete S-10.

Em determinado momento foi surpreendido por um Honda Civic cinza, que ao tentar a ultrapassagem acabou batendo na lateral de sua caminhonete. Como o motorista do Civic não parou, foi iniciada uma perseguição.

Nas proximidades do Clube Estoril, a passagem do Civic foi bloqueada sendo iniciada uma discussão. Como não houve acordo, o representante comercial tentou tirar a chave da ignição do outro carro, quando este arrancou. Sem tempo para retirar a mão, o homem foi arrastado por cerca de 100 metros até que conseguiu se soltar e caiu no asfalto, sofrendo um corte na cabeça.

“Gritava a todo momento para que ele parasse, mas ele acelerava cada vez mais. Fiquei com o pé bastante ferido pelo contato com o asfalto e quando me soltei ainda bati com a cabeça. Pelo que senti o outro motorista estava bastante alterado”, afirmou a vítima.

O homem foi atendido por uma viatura do Samu e levado para a Santa Casa e devido aos ferimentos ficou impossibilitado de ira à delegacia, mas confirmou que ainda nesta segunda-feira (14) providenciará o Boletim de Ocorrência.

Jornal Midiamax