Polícia / Trânsito

Motociclista morre após ser colhido em acidente na BR-262 em Campo Grande

A vítima de 25 anos voltava para Campo Grande com um grupo de amigos motociclistas

Midiamax Publicado em 28/12/2014, às 14h33

None
004.jpg

A vítima de 25 anos voltava para Campo Grande com um grupo de amigos motociclistas

Claudionor Junior, de 25 anos, morreu há pouco na manhã deste domingo (28), após se envolver em um acidente na BR-262, próximo do assentamento Estrela. O fato teria ocorrido há aproximadamente uma hora, porém a vítima não resistiu aos ferimentos.

O rapaz conduzia a JTA Suzuki, azul, placa OOR-0299, de Campo Grande (MS), pela rodovia. Ele estava acompanhado de cinco amigos, que também estavam em motocicletas esportivas. O grupo fazia o trajeto Ribas do Rio Pardo a Campo Grande.

Conforme informações de um dos motociclistas, que é comerciante, identificado como João Antônio, de 39 anos, o automóvel teria feito uma conversão brusca na rodovia. “O Uno estava parado no acostamento esperando um caminhão passar para ele fazer a conversão, porém não reparou que logo atrás vinha uma moto, e com isso pegou em cheio o Claudionor”, explica.

A vítima foi arremessada e chegou a ficar inconsciente. O grupo parou uma ambulância de Água Clara que passava pela rodovia, que socorreu de imediato o motociclista. Ele foi encaminhado às pressas para a Santa Casa de Campo Grande, porém não resistiu aos ferimentos.

Na mesma ocasião, assentados teria retirado o motorista do Uno do local e dado guarita a ele. Eles alegaram que o condutor, identificado como Manoel que é corretor de imóveis, estava prestes a ser linchado pelos motociclistas.

Duas equipes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) estão no local. Uma ficou na via onde ocorreu o acidente e a outra deteve o motorista, que será encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, região sul de Campo Grande, pelo crime de homicídio culposo, sem intenção, na direção de veículo automotor.

Foi apurado que o Uno, é da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), porém estava cedido aos assentados para trabalhos pelo local. A informação é que Manoel recebeu a ligação de um amigo, que teria “quebrado” o carro na estrada e ele iria ao socorro dele.

Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também estiveram por lá. O motorista do Uno teve apenas algumas escoriações.

Jornal Midiamax