Polícia / Trânsito

Ladrão de carro envolvido em acidente tenta enganar polícia e é desmentido por família

Um grave acidente envolvendo três veículos deixou um morto na manhã desta terça-feira (11) na BR-060, sentido Sidrolândia a cidade de Campo Grande. O motorista de um dos carros envolvidos, um Gol de placas HTN-7662, foi quem provocou o acidente. O ladrão se aproveitou do fato dos documentos do proprietário do véiculo estarem dentro do carro […]

Arquivo Publicado em 11/02/2014, às 14h30

None
182522227.jpg

Um grave acidente envolvendo três veículos deixou um morto na manhã desta terça-feira (11) na BR-060, sentido Sidrolândia a cidade de Campo Grande. O motorista de um dos carros envolvidos, um Gol de placas HTN-7662, foi quem provocou o acidente. O ladrão se aproveitou do fato dos documentos do proprietário do véiculo estarem dentro do carro e tentou se passar por Ricardo Nunes Ferreira, 33 anos.


De acordo com o site Sidrolândia News, ele mentiu aos socorristas de que estaria na garupa do motociclista Rubens Costa da Silva, 42 anos, que morreu no local. Ele foi desmentido pela família da vítima horas depois, durante entrevista com a polícia. 


No outro carro Gol, que também se envolveu no acidente, estavam ainda mais quatro ocupantes: Fátima Esquivel, Evandro Esquivel, André Siqueira, e uma criança de 9 anos.


Os policiais descobriram que, quem dirigia o carro que causou o acidente era Ricardo, e esse é um carro furtado.  Por isso a tentativa de fuga e a mentira em relação ao envolvimento com a batida.


Ao ser socorrido, Ricardo afirmou que era garupa da moto e por causa dessa versão, e a suspeita da polícia era que o motorista do Gol havia fugido do local.


Os familiares de Rubens afirmaram que ele viajava sozinho, e logo depois os documentos de Ricardo foram encontrados embaixo do banco do carro.


Policiais estão na Santa Casa de Campo Grande para efetuar a prisão em flagrante do acusado. (Com informações Sidrolândia News)





Jornal Midiamax