Polícia / Trânsito

Caminhonete que se envolveu em acidente poderia estar participando de racha

Um garçom da casa de shows Wood’s viu a caminhonete, que depois se envolveria em um acidente com morte, saindo em alta velocidade de um posto de gasolina na Avenida Afonso Pena com outros dois veículos. Ele diz acreditar que poderia ser um racha. Segundo o garçom, a casa de shows fechou às 5 horas […]

Arquivo Publicado em 22/02/2014, às 11h16

None
540235740.jpg

Um garçom da casa de shows Wood’s viu a caminhonete, que depois se envolveria em um acidente com morte, saindo em alta velocidade de um posto de gasolina na Avenida Afonso Pena com outros dois veículos. Ele diz acreditar que poderia ser um racha.

Segundo o garçom, a casa de shows fechou às 5 horas e ele deixou o local em seguida. Ele viu a caminhonete com placas de Taquaritinga (SP) parada em um posto naquela avenida. Várias pessoas bebiam no local.

Em seguida a caminhonete, acompanhada de uma outra na cor branca e de um carro Hyundai Sonata, deixou o posto. Os três veículos, segundo ele, saíram em alta velocidade.

“Eu não sei se era um racha, mas em vez de pegar um táxi eles preferem sair em alta velocidade”, criticou o garçom.

O acidente – O motorista perdeu o controle da direção do veículo, placas DBU-2374, de Taquaritinga (SP),bateu em um coqueiro e invadiu a pista contrária. A caminhonete seguia no sentido centro, no momento do acidente, mas acabou parando na pista sentido bairro.

Várias latas de cerveja foram encontradas no automóvel. Hebert dos Santos Lima, de 38 anos, estava no banco de trás do veículo e usava cinto de segurança, mas acabou morrendo no local.

As outras vítimas estão na Santa Casa: Diogo Barbosa Araújo, 29, e Tiego Alexandro Guedes, 31.

Jornal Midiamax