Polícia / Trânsito

Após acidente, Indy confirma estado grave de piloto russo

A Indy comunicou, na manhã deste sábado, que o piloto russo Mikhail Aleshin, da Schmidt, está em estado grave, mas estável, após um acidente durante o segundo treino livre para as 500 Milhas de Fontana, na noite de sexta-feira. Aleshin rodou na entrada da curva quatro, colidiu em Charlie Kimball e depois bateu violentamente no […]

Arquivo Publicado em 31/08/2014, às 20h53

None

A Indy comunicou, na manhã deste sábado, que o piloto russo Mikhail Aleshin, da Schmidt, está em estado grave, mas estável, após um acidente durante o segundo treino livre para as 500 Milhas de Fontana, na noite de sexta-feira. Aleshin rodou na entrada da curva quatro, colidiu em Charlie Kimball e depois bateu violentamente no muro de proteção.


Após o acidente, o piloto foi levado de helicóptero ao Loma Linda Hospital. Segundo o comunicado da Indy, o russo chegou alerta e consciente, mas os exames identificaram múltiplas lesões por conta da batida. Quem emitiu o comunicado foi o médico consultor da Indy, Terry Trammel.


“O piloto foi diagnosticado com fraturas nas costelas, na clavícula direita, além de uma concussão e lesões no peito. Ele está sendo atendido, o estado é grave, mas estável”, comunicou.


O grave acidente causou o fim das atividades na segunda sessão de treinos livres em Fontana. Envolvido, Charlie Kimball foi levado ao centro médico do circuito, mas liberado logo em seguida.


A prova das 500 Milhas de Fontana é a última e decidirá o campeão da temporada. Will Power, Helio Castroneves e Simon Pagenaud brigam pelo troféu. Power está 51 pontos à frente do brasileiro, que é o segundo na tabela de classificação. No entanto, Castroneves terá a vantagem de largar na pole-position. A corrida está marcada para a madrugada deste sábado, às 00h15.

Jornal Midiamax