Polícia / Trânsito

Ultrapassagem proibida causa acidente na BR 163 e faz mais uma vítima

A tentativa de ultrapassagem ocasionou o choque entre duas carretas que levou à morte de um dos condutores

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 16h24

None

A tentativa de ultrapassagem ocasionou o choque entre duas carretas que levou à morte de um dos condutores

Acidente no KM 557 da BR 163, próximo ao município de Bandeirantes, no final da manhã desta sexta-feira (20) aumenta as estatísticas e chama a atenção para a imprudência dos motoristas.


Manoel Antônio dos Santos, 56 anos, conduzia o caminhão Iveco, placas HSJ-4841 e seguia no sentido de Campo Grande para São Gabriel do Oeste, quando Márcio Picolino, 35 anos, realizou uma ultrapassagem em faixa contínua e a traseira do caminhão que dirigia, um Volvo, com placas NBK-6946, de Xanxerê (SC), bateu na lateral do veículo de Santos.


Com a colisão, Santos acabou preso nas ferragens e morreu no local.


Segundo o motorista do caminhão que realizou a ultrapassagem proibida, outro caminhão teria dado passagem saindo para o acostamento e ele achou que conseguiria passar.


No local do acidente, Picolino quis responsabilizar a vítima pelo acidente e acabou recebendo uma bronca de um policial civil, que ressaltou que ele não poderia ter feito a ultrapassagem.


Picolino se limitou a assumir o acidente. “Cagada minha né. Lamento pela família do falecido. Não queria isso nem pra mim nem para ele”, disse para a reportagem do Midiamax.


Um funcionário da empresa Rodo Maior, onde Santos trabalhava, informou que a vítima era casada e tinhas filhos.


Para o policial civil investigador Valter, de Bandeirantes, a mudança no código de trânsito deve acontecer. “É preciso endurecer para que as pessoas respondam criminalmente em casos de morte. Esse cara tinha que estar sendo preso em flagrante”, avaliou.


A Polícia Rodoviária Federal esteve no local.

Jornal Midiamax