Polícia / Trânsito

Quase 1.200 caçambas estão espalhadas pelas ruas de Dourados e regulamentação não impede acidentes

São 1.127 unidades dos “papa-entulhos” que supostamente seguem as normas impostas pela lei municipal número 2.891 de 2006. Estacionados nos mais variados cantos da cidade, atrapalham o trânsito de toda forma que um objeto de 5 metros cúbicos pode encontrar. A maioria destes coletores não cumpre a lei em vários pontos como noticiado pelo DouradosNews […]

Arquivo Publicado em 18/07/2012, às 17h02

None

São 1.127 unidades dos “papa-entulhos” que supostamente seguem as normas impostas pela lei municipal número 2.891 de 2006. Estacionados nos mais variados cantos da cidade, atrapalham o trânsito de toda forma que um objeto de 5 metros cúbicos pode encontrar.


A maioria destes coletores não cumpre a lei em vários pontos como noticiado pelo DouradosNews na semana passada. Um documento obtido pela equipe do site na Semsur, órgão responsável pela fiscalização das caçambas revela os números de caçamba registradas em cada empresa licenciada.


A polêmica envolvendo as caçambas mal estacionadas teve início em 25 de junho, quando o comerciante Antônio Carlos dos Santos, mais conhecido como Passarinho, sofreu um acidente que o levou ao Hospital da Vida com um traumatismo craniano quando bateu seu Renault Logan em uma caçamba localizada na Rua dos Missionários.

Jornal Midiamax