Polícia / Trânsito

Homenagem a vítimas do acidente da TAM marca três anos da tragédia

Os parentes das vítimas do voo da TAM JJ 3054, cuja aeronave chocou-se com um galpão da própria empresa, vão fazer uma homenagem hoje (17) às 199 pessoas mortas no acidente. Há três anos, na aterrissagem, o avião percorreu toda a pista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, sem conseguir parar e atravessou a […]

Arquivo Publicado em 17/07/2010, às 21h03

None

Os parentes das vítimas do voo da TAM JJ 3054, cuja aeronave chocou-se com um galpão da própria empresa, vão fazer uma homenagem hoje (17) às 199 pessoas mortas no acidente.


Há três anos, na aterrissagem, o avião percorreu toda a pista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, sem conseguir parar e atravessou a Avenida Washington Luís, atingindo o prédio da TAM e um posto de gasolina.


No local, será construído um memorial para os que perderam a vida na tragédia. Além da homenagem em evento no mesmo local onde será construído o memorial, os parentes das vítimas também farão uma manifestação dentro do aeroporto para informar a população sobre o andamento das investigações.


A Associação dos Familiares e Amigos das Vítimasdo Voo TAM JJ 3054 (Afavitam) cobra que sejam apontados os responsáveis pelo acidente. Inquérito da Polícia Federal (PF), enviado ao Ministério Público Federal (MPF), no final do ano passado, apontou apenas o piloto e o co-piloto, mortos na tragédia, como responsáveis pelo acidente.


A informação indignou os parentes das vítimas, que passaram a pressionar o MPF para que o órgão tenha um entendimento diferente sobre o caso. Em Porto Alegre, cidade onde mora a maior parte das famílias, a Afavitam organiza uma celebração que ocorrerá também hoje, às 18h30, na Catedral Metropolitana. Outra celebração religiosa ocorrerá amanhã (18), às 14h30, na capela do Colégio Santa Maria, em São Paulo.

Jornal Midiamax