O traficante, de 24 anos, ferido no último dia 11 em troca de tiros com policiais militares, no bairro Mário Covas, deixou o hospital e segue para presídio em Campo Grande. A prisão em flagrante do suspeito foi convertida em preventiva durante audiência de custódia realizada nesta quarta-feira (17).

O suspeito estava foragido da Justiça e, no dia dos fatos, equipe da PM (Polícia Militar) foi informada sobre o paradeiro dele, na Rua Paulo Ubiratan. Quando os policiais chegaram ao local, o traficante estava abrindo o portão e ao ver a viatura correu para o quintal.

Foi dada ordem de parada, mas o traficante atirou contra os militares, que então revidaram. Ele foi ferido e socorrido para uma unidade de saúde com uma fratura perto do tornozelo.

O autor ficou alguns dias internado em Campo Grande para se recuperar do ferimento. Um dia depois, em 12 de abril, a audiência de custódia que convertia a prisão em preventiva chegou a ser realizada sem a presença dele e, por isso, outra ocorreu em data mais recente. Ele responde por crimes contra o Sistema Nacional de Armas.

Na residência onde a troca de tiros ocorreu, os policiais encontraram 16 porções de cocaína, com peso aproximado de 36 gramas, e uma porção de maconha pesando 1,70 gramas.

Outras três pessoas estavam na residência e informaram que iriam consumir drogas no local. Dois dos homens apontaram, ainda, o terceiro como proprietário da ‘boca de fumo’.