Nessa segunda-feira (15), um morador de Dourados procurou a delegacia de polícia para formalizar denúncia de calúnia contra uma amiga e a ex-namorada dela. Segundo ele, as duas mulheres divulgaram mensagens no WhatsApp em que é chamado de estuprador.

No boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), há trechos das conversas por mensagens entre o denunciante e também as pessoas envolvidas.

O caso teria acontecido no dia 10 de abril, mas o boletim de ocorrência só foi registrado pelo rapaz que se diz vítima de calúnia nessa segunda-feira (16).

Em depoimento à polícia, ele disse ter se encontrado com a suposta vítima, mas nega qualquer prática de abuso sexual contra a mesma.