Polícia Civil identificou o suspeito de estuprar uma adolescente, de 15 anos, na última segunda-feira (1º). A garota saiu para tomar tereré com uma amiga no Parque Jackes da Luz, na Vila Moreninha, em Campo Grande, mas já estava sozinha quando foi abordada pelo homem, que não teve nome e idade divulgados.

Delegado responsável pelo caso, Roberto Carlos Morgado Pires, da DEPCA (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), disse em entrevista ao Jornal Midiamax, nesta quinta-feira (4), que a polícia já identificou o suspeito e que ele será ouvido em breve.

Até o momento, a vítima e algumas testemunhas prestaram depoimentos sobre o caso. “O fato é bastante complexo. Já identificamos o suspeito e estamos averiguando algumas informações para entender melhor as circunstâncias do fato”, afirma.

Segundo o delegado, no dia em que foi abusada, a vítima estava desorientada. A polícia investiga se a garota estava sob efeito de álcool, ou drogas.

Informações iniciais são de que a vítima estava sozinha no parque quando foi abordada pelo suspeito e atraída para a casa dele. A polícia ainda não confirmou se os dois estiveram em outro lugar e se o crime ocorreu de fato na residência do autor.

“Ainda estamos apurando os detalhes do caso. Muitas informações não divulgamos para não comprometer nossa investigação”, explica.

Conforme informações iniciais, após cometer o crime, o suspeito deixou a vítima ir embora. Já em casa, a menina contou o que aconteceu para o pai que a levou para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e acionou a Polícia Militar.

A adolescente ficou bastante abalada e teve que ser sedada. O caso foi registrado na Depac Cepol (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro Especializado de Polícia Integrada) e é investigado pela DEPCA.