Cinco homens foram presos em menos de quatro horas após matarem um adolescente, de 17 anos, em , cidade a 260 km de Campo Grande. O crime, que aconteceu na madrugada de domingo (14), teria ocorrido porque o pai de uma menina, também de 17 anos, descobriu o relacionamento dela com a vítima.

O homem, de 35 anos, ouviu a vítima falar sobre um suposto relacionamento amoroso com sua filha. 

Segundo a polícia, inconformado com o relacionamento e alegando falsamente que a menina teria sido estuprada, o homem reuniu outros quatro indivíduos, três deles egressos do sistema prisional, e buscaram a vítima na casa dela.

O adolescente foi levado para uma área rural próximo da cidade, onde montaram um ‘tribunal do crime’ e mataram o garoto de forma bárbara, com várias facadas no coração e cortando o pescoço.

Pela manhã, um familiar do adolescente, que estava em poder dos criminosos, conseguiu fugir e procurou a polícia relatando o crime. Foram feitas buscas pelo corpo da vítima e perseguição ao grupo criminoso, localizado em menos de quatro horas, inclusive apreendendo a arma.

“Trata-se de um crime bárbaro que comoveu a população do município, mas que teve uma resposta rápida e contundente das forças policiais que retiraram do convívio social indivíduos com alto grau de periculosidade. É preciso ressaltar a atuação das equipes da Polícia Civil e que com grande capacidade profissional e técnica empenharam-se na rápida solução do crime”, ressaltou o delegado titular, Anderson Guedes de Farias.

Todos confessaram o crime.