Motorista, de 32 anos, preso no último sábado (17) após provocar pânico com um caminhão desgovernado no bairro Jardim Canguru, em Campo Grande, estava foragido da Justiça e teria sequestrado o passageiro flagrado com ele no momento em que a foi abordada por uma equipe da Guarda Civil Metropolitana.

Em depoimento à polícia, o passageiro disse que é caminhoneiro e foi rendido pelo suspeito em um posto de combustível, na BR-163, quando parou para descansar antes de seguir viagem para Cuiabá, onde descarregaria o caminhão Scania.

O homem contou que, logo após chegar ao posto de combustível, se reuniu com outros caminhoneiros, com quem jogou baralho e bebeu por algum tempo. Pouco depois, ele retornou para o caminhão e foi rendido pelo suspeito e impedido de descer do veículo.

Segundo o caminhoneiro, o homem tomou o controle do veículo e seguiu atingindo carros, comércio e residência pelo caminho até que foi parado pela equipe da Guarda Civil Metropolitana. Ele também afirmou que os dois foram agredidos por moradores do bairro Canguru.

O homem, que dirigia o caminhão, também é suspeito de ter atropelado um motociclista antes de ser preso pela equipe da Guarda. Ele passou por teste de bafômetro que constatou 0,77 miligrama de álcool.

Após serem abordados pela equipe da Guarda, condutor e o passageiro foram encaminhados para a (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro Especializado de Polícia Integrada).

Em depoimento, o suspeito não comentou o caso, mas admitiu que estava foragido e tinha passagens por roubo, porte ilegal de de fogo, disparo de arma de fogo e ameaça. A prisão preventiva do suspeito foi solicitada e ele permanece preso.

Relembre o caso

Na noite do último sábado (17), o motorista de um caminhão Scania, com sinais visíveis de embriaguez, destruiu fiações elétricas, frente de um comércio, colidiu em carros e deixou ferido um motociclista na região do Mario Covas, em Campo Grande.

Dois moradores seguiram o motorista por aproximadamente sete ruas, veículo desgovernado e dos estragos que ele provocou. A frente de uma conveniência ficou destruída. A frente do caminhão baú também foi bastante danificada.

Moradores da região informaram que o condutor também atingiu um motociclista, que ficou ferido. “Dizem que sofreu ferimentos graves, acabou com a moto”, relatou uma testemunha.

Os dois homens que estavam no veículo foram conduzidos à Depac Cepol. Na delegacia, o passageiro disse que foi sequestrado e obrigado a permanecer no veículo. O motorista estava foragido, bêbado e sem CNH. A prisão preventiva foi solicitada e ele permanece preso.