Um jovem, de 19 anos, foi preso na madrugada desta segunda-feira (15), em , distante a 208 quilômetros de , com que levaria para a capital . O suspeito boliviano estava em um ônibus de passageiro que partiu de Corumbá e seguiria até o estado paulista.

Conforme divulgado pelo DOF (Departamento de Operações de ), a droga estava distribuída em 67 cápsulas, escondidas na mochila dele. O autor contou que foi contratado por um desconhecido para o transporte da droga.

O total apreendido de pasta base de cocaína foi 864 gramas, avaliadas em R$ 42,7 mil. O jovem foi encaminhado para a Delegacia de Miranda.

Bolivianos presos com droga em calcinha e estômago

Esse é o segundo caso de passageiros que entram por Corumbá para transportar drogas até São Paulo. No domingo (14), sete homens e uma mulher, todos de origem boliviana, foram presos na rodovia Raposo Tavares, no estado de São Paulo, na função de ‘mulas', isto é, com cocaína ingerida que seria levada à capital paulistana.

Alguns dos autores haviam ingerido as cápsulas de cocaína e iriam expeli-las em São Paulo. No entanto, foram presos próximos ao município paulista Maracaí. Eles viajaram cerca de 950 quilômetros antes de serem descobertos pela .

Os passageiros foram levados para a penitenciária de Assis, a cerca de 30 quilômetros de onde o ônibus foi parado pela segunda vez. Após passarem por exames de scanner corporal, a ingestão de cápsulas de cocaína pelos oito envolvidos foi confirmada.