Preso na tarde de quarta-feira (3) com mais de R$ 50 mil em produtos furtados em Campo Grande, fez pelo menos 7 vítimas nas regiões da Avenida Júlio de Castilho, Monte Castelo, Piratininga e Tijuca.

Alguns dos produtos recuperados já foram devolvidos às vítimas. Na 6ª de Polícia Civil, que fica no Bairro Tijuca, a polícia ainda aguarda vítimas para entregar uma televisão de 43 polegadas e um PlayStation 3, que foram recuperados. Os donos podem procurar a delegacia.

Delegado Sam Aranha (Nathalia Alcântara, Midiamax)

Segundo o delegado Sam Aranha, o homem era especialista e tinha uma rede de receptadores, pois os produtos furtados eram rapidamente repassados a outras pessoas.

A polícia agora trabalha para descobrir quem são esses receptadores. 

Em apenas um residencial, na Vila Bandeirantes, o invadiu 4 casas e furtou três delas. Depois da prisão, apareceram outras três vítimas do homem e a suspeita é de que ele tenha feito outros 4 furtos. 

O ladrão tem passagens por outros furtos e já havia cumprido 10 anos por furtos. Ele foi para o semiaberto e uma semana depois evadiu. 

Ele foi preso por equipe do Batalhão de Choque que fazia patrulhamento tático pelo bairro Universitário e encontrou um veículo VW Gol, de cor vermelha, que tinha sido utilizado para cometer vários furtos a residências na Capital.

Durante abordagem, com o homem foi encontrada uma televisão Samsung. Ele confessou que era produto de um de seus furtos e seria revendida para quitar o carro.

Além da televisão, ele também confessou ter escondido outros produtos de furto em um salão de festas. No local, foram encontrados mais 3 televisores e um videogame.