Um traficante, identificado apenas como C.V.F.N, de 38 anos, que está sendo ‘caçado' pela polícia, deixou esposa, de 24, o filho bebê, de apenas 2 meses, e R$ 700 mil em drogas para trás durante uma conjunta do Garras, Polícia Civil de Corumbá e Polícia Militar no Colúmbia, em Campo Grande, nesta semana. 

O criminoso, ao se deparar com os policiais em sua residência, na Rua Pindaré, conseguiu fugir. Porém, a esposa acabou sendo presa e o filho entregue ao Conselho Tutelar

Na casa, foram apreendidos 10 quilos de cocaína, 10 gramas de maconha, uma prensa para embalar e formatar entorpecentes, um carro Citroen C4 e uma motocicleta Biz. 

Uma grande porção de cristal – escama de peixe – com alto teor de pureza de cocaína estava entre as substâncias apreendidas. Outro produto – de uso veterinário – utilizado para mesclar com a droga para render mais peso também foi apreendido.

Diante dos fatos, conforme explicou o Delegado do Garras, Guilherme Scucuglia, foi solicitada a prisão preventiva do criminoso, que aguarda a decisão do Poder Judiciário.

Fuga cinematográfica

Conhecido no meio policial por empreender fuga das autoridades por diversas vezes, o homem é extremamente perigoso, isso porque, ele é suspeito de, ao menos, oito homicídios ocorridos em Guanambi, na Bahia. Os crimes teriam sido cometidos a mando do tráfico de drogas

Ele havia fugido do Presídio de da Conquista, no estado baiano, quando simulou estar doente para ser levado ao hospital, onde acabou fugindo. O traficante também é fugitivo do sistema penitenciário de Guanambi, onde seria integrante de facção criminosa e acusado de tráfico de drogas e execução de rivais.

Posteriormente, o criminoso fugiu para Ponta Porã, a 315 quilômetros de , onde acabou sendo alvejado por policiais militares durante um confronto. Ele foi preso acusado de porte ilegal de de fogo e resistência, contudo, estava em prisão domiciliar.

Portanto, há cerca de três meses a polícia tomou conhecimento de que o traficante estaria residindo em Campo Grande e praticando tráfico de drogas, com auxílio da esposa – que foi presa. 

Os policiais seguem realizando diligências para prender o traficante.