O Exército Brasileiro apreendeu, entre a última sexta-feira (5) e o domingo (7), em , mais de R$ 500 mil em anabolizantes e produtos contrabandeados do Paraguai. A ação na área já resultou na apreensão de R$ 101 milhões em ilícitos, sendo R$ 62 milhões em drogas.

A apreensão ocorreu nas cidades de , e em Cabeceira do Apa, distrito de Ponta Porã, no contexto da Operação Ágata Fronteira Oeste II, com o objetivo de reduzir os ilícitos transfronteiriços, principalmente o tráfico de drogas e contrabando de armas e munições, assim como garantir a preservação ambiental das regiões.

Conforme divulgado, a Operação Ágata Fronteira Oeste II foi realizada “de surpresa”, durante do Chefe do Estado-Maior do Exército, Fernando José Sant`Ana Soares e Silva, ao 17º RC Mec (Regimento de Cavalaria Mecanizada).

Os trabalhos dos militares na área da 4ª Bda C Mec (Brigada de Cavalaria Mecanizada) resultam em R$ 101 milhões em ilícitos tirados de circulação.

Também integram a ação o 20º Regimento de Cavalaria Mecanizada (20º RCB) e 4º Pelotão de Polícia do Exército Mecanizado (4º Pel PE Mec). O trabalho é realizado por meio de ação integrada das com a Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Rodoviária Federal, Agência Brasileira de Inteligência, Secretaria Nacional de Políticas Penais, as Secretarias de Segurança Pública, as Polícias Civis, as Polícias Militares e Gabinetes de Gestão Integrada de Fronteiras e Divisas.

O Exército informa que a ação é realizada em colaboração com a sociedade civil. A população pode realizar denúncias, de forma totalmente gratuita e anônima, pelo telefone 0800 358 0007.