Durante atendimento em , uma criança, de 11 anos, disse aos profissionais de saúde que era estuprada e a polícia foi acionada em Mato Grosso do Sul. O caso então passou a ser investigado pela Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher) que prendeu os dois acusados, de 52 e 60 anos.

O Jornal Midiamax não revelará a cidade onde aconteceu o crime, nem nomes, para preservar a vítima, seguindo as diretrizes do ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

Na última sexta-feira (19), a menina teria passado mal durante um que participa e foi levada para o hospital. Na unidade, ela comentou sobre os abusos que teria sofrido naquela semana e a polícia foi acionada. 

Os acusados não possuem grau de parentesco com a vítima, mas moram próximo da casa dela, segundo a Polícia Civil.

Eles foram presos preventivamente e em suas residências a polícia apreendeu celular, pen drive, DVD, preservativos, lençóis e munições de calibres .22 e .36. A dupla responderá pelo crime de de vulnerável.