Idenor Ribeiro Niza, de 82 anos, que desapareceu na última segunda-feira (26), foi visto pela última vez em uma chácara no Bairro Santa Luzia em . O idoso tem Alzheimer e saiu da casa onde mora no Bairro Ana Maria do Couto, em direção à Avenida Júlio de Castilho.

Conforme Natal dos Santos, genro de Idenor, horas após sair de casa, o sogro chegou a uma chácara pedindo informações sobre supostos gados desaparecidos.

“Recebemos a informação de que ele esteve nessa chácara, perguntou sobre uns gados dele que teriam desaparecido, mas isso é coisa da cabeça dele, são lembranças antigas que ele pensa que são atuais por conta conta da doença. As pessoas que atenderam ele não perceberam nada de anormal, então, só conversaram e ele foi embora”, relata.

A família recebeu outras informações de pessoas que teriam visto o idoso, no entanto, nenhuma pista levou ao paradeiro de Idenbor, que permanece desaparecido.

“Todos os dias ligamos nas UPAs, para o Corpo de Bombeiros, Samu [Serviço de Atendimento Móvel de Urgência], polícia, mas continuamos sem nenhuma informação”, lamenta.

O boletim de ocorrência sobre o desaparecimento foi registrado na terça-feira (27). No dia em que saiu de casa, Idenor estava vestido com camisa azul-clara, calça preta, botina amarela e com o mesmo boné cinza da foto de capa desta matéria.

Quem tiver informações, deve entrar em contato com a Polícia Militar, pelo 190, ou diretamente com a família, pelo telefone (67) 99999-3230.