Foi através de uma carta que uma família descobriu que duas primas, de 9 e 11 anos, foram estupradas, em Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande. A polícia investiga o caso que foi descoberto na última sexta-feira (16).

A menina de 9 anos contou a uma amiga da escola que havia sido estuprada pelo padrasto antes de ir para o colégio, na última sexta (16), e a amiga acabou contando para a mãe da o que ela tinha lhe confidenciado. 

Após saber do que havia acontecido, a mãe da menina de 9 anos acabou indo até a residência da sua irmã para conversar e a sobrinha de 11 anos, ao ouvir a conversa, escreveu uma carta para contar que também era estuprada pelo marido da tia. 

As mães foram até a para denunciar o caso, e segundo o site JP News, o caso é investigado. Não há informações se o padrasto já foi ouvido.