Um corpo em estado avançado de decomposição foi encontrado às margens do , em Ribas do Rio Pardo, a 97 km de , no fim da tarde do último sábado (2). A vítima ainda não foi identificada.

O corpo foi encontrado pelo pescador e radialista Adenir de Almeida Correa, conhecido como “Dininho”, por volta das 17h30, quando estava passeando de barco na região, onde tem uma chácara. 

“Eu estava no Rio Pardo, próximo da BR 262, quando avistei o corpo. Abriu a temporada de e estava passeando pela região. Isso por volta das 17h30″, afirmou o pescador ao Portal Notícias do Cerrado. 

Segundo o boletim de , o corpo, identificado como o de um homem, foi encontrado em estado avançado de decomposição vestindo apenas uma cueca. 

A Polícia Civil, Polícia Militar, Perícia Médica, Corpo de Bombeiros Militar e funerária compareceram no local. 

O corpo estava em um local de difícil acesso. Foi feito uso de barco para alcançar o morto, que deve ser enviado para o Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) em Campo Grande. O caso foi registrado como morte a esclarecer pela Polícia Civil de Ribas do Rio Pardo.