Companheiro, visionário e grande empresário: essas são as palavras que descrevem Carlos Dias Miranda, morto aos 62 anos após atropelar um animal e capotar a caminhonete que conduzia na BR-060, em Bela Vista, a 324 quilômetros de Campo Grande. 

O acidente aconteceu na noite de sexta-feira (12). Relatos de despedida e homenagens nas redes sociais demonstram a tristeza de familiares, amigos e conhecidos do empresário. 

Carlos era proprietário de uma loja de produtos agropecuários, com unidades em Aquidauana, Jardim, Bela Vista, Bonito, Miranda, Nioaque e na Capital. Ele também era presidente do Rotary Club de Jardim e Guia Lopes da Laguna. 

“Minha vida desaba em saber que não terei mais você aqui para me abraçar, me orientar, me cuidar, e brigar cmg. Te amo e hoje meu coração até o resto da vida minha fica cinza sem você, eu te amo muito”, escreveu uma das filhas do empresário. 

A loja de produtos agropecuários, administrada por Carlos, publicou nota de falecimento na manhã deste sábado (13).

“É com extremo pesar que comunicamos o falecimento do Sr. Carlos Dias Miranda. Familiares e amigos prestarão uma última homenagem na Câmara Municipal de Jardim, a partir das 9 horas. Sr. Carlos era uma pessoa muito querida por todos pelo seu carinho, profissionalismo, humildade, integridade, amizade e alegria. Para sempre o teremos em nossa memória e em nosso coração com muita gratidão e saudade”, descreve a nota.

“Uma grande perda para a região, um visionário, um empresário que acredita na economia do MS. Que Deus conforte e console a toda família da Casa do Criador”, disse outra pessoa próxima de Carlos. 

O Rotary Club também lamentou a partida do presidente e publicou nota de pesar neste sábado (13). “É com profundo pesar que anunciamos o falecimento do companheiro, agropecuarista, empresário do agro leia-se Casa do Criador e atual presidente do Rotary Club de Jardim Guia Lopes da Laguna Sr Carlos Dias Miranda”.

Outro comentário feito nas publicações de rede social diz que Carlos era “Um grande empresário muito importante para Bela Vista”.

O acidente

Carlos havia saído de Jardim, quando no km-675 o animal, de grande porte, teria atravessado a rodovia, segundo publicou o Jardim MS News. Ele teria atropelado a anta e perdido o controle da direção, momento em que saiu da pista e capotou a caminhonete às margens da rodovia.

Equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas ao chegar ao local, ele já estava morto. A vítima teria ficado prensada nas ferragens do veículo.

A perícia científica, Polícia Civil de Jardim e Bela Vista, assim como a PRF (Polícia Rodoviária Federal) também estiveram no local realizando os levantamentos.