Um funcionário de um posto de combustíveis, localizado na região central de Sidrolândia, cidade distante a 70 quilômetros de Campo Grande, foi agredido nesta terça-feira (10), por um cliente. A confusão começou após o autor demorar no banheiro, compartilhado com mais clientes, por estar fumando e mexendo no celular.

Informações do registro policial apontam que o funcionário explicou aos policiais que o cliente pediu as chaves do banheiro para tomar banho. Outros clientes, que são motoristas de caminhão e utilizam o estabelecimento, começaram a reclamar da demora de uma hora do autor.

O trabalhador, então, foi ao banheiro verificar e encontrou o homem sentado e fumando, enquanto mexia no aparelho celular. O funcionário explicou que mais pessoas queriam utilizar o banheiro. “Estou pagando e vou ficar o tempo que eu quiser”, afirmou o cliente.

A vítima saiu do local e aguardou a saída do cliente, que entregou as chaves após três horas de uso, e desferiu um soco na cabeça do funcionário, causando uma lesão na orelha esquerda.

O trabalhador conta não ter revidado às agressões por ser novo no trabalho. O autor fugiu do local e não foi localizado. O caso foi registrado na Delegacia de Sidrolândia como lesão corporal culposa.