Operação deflagrada pela Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do Paraguai e também pela FTC (Força Tarefa Conjunta) localizou e destruiu 10 hectares de produção de maconha na região de Cerro Corá e Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

A área fica na fronteira com Mato Grosso do Sul e segundo informações da Senad seria responsável pelo fornecimento de mais de 30 toneladas de maconha para o mercado brasileiro.

As forças estabeleceram um perímetro de atuação composto pelas áreas de Cerro Jere, Piky, Colônia Cumbre e Colônia 20. Nesses locais, foram detectados cultivos de drogas localizados por grupos de traficantes que atendem às demandas do mercado de drogas.

No entorno das plantações, foram localizados 3 acampamentos que apoiavam a produção de toneladas de drogas. A Operação CUT estabeleceu uma estrutura de trabalho que pretende continuar a avançar por outras propriedades rurais ao longo de vários dias.