“Vou voltar lá e terminar o serviço”: esta foi a frase dita pelo rapaz antes de fugir da Santa Casa e invadir uma residência, no bairro Caiobá, na madrugada de domingo (12) para tentar matar mãe e filha depois de esfaquear um rapaz morador da residência. Ele passa por audiência de custódia.

A tia do rapaz esfaqueado contou na que havia ido visitar o sobrinho no hospital, quando se deparou com o autor fugindo e neste momento, ele teria dito a frase, “Vou voltar lá e terminar o serviço”. O sobrinho da mulher foi esfaqueado no sábado (11), no ombro e está internado na unidade de saúde.

O autor acabou preso novamente no domingo (12) ao voltar a residência para tentar esfaquear as moradoras. Ele negou que tenha fugido do hospital e que tenha cometido o crime contra as mulheres, alegando que apenas se defendeu. 

Tentativa de esfaquear mãe e filha 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o autor já teria invadido a casa e esfaqueado o sobrinho da vítima no sábado (11). A mulher relatou à Polícia Militar que o jovem teria fugido de um hospital e retornado a casa dela em posse de uma faca de cabo de madeira e arrombado o portão com o objetivo de matar ela e a filha. 

A mulher ainda relatou que o jovem de 21 anos estaria muito alterado e aos gritos disse. “Eu vou matar todo mundo”. O homem fugiu quando percebeu a chegada da viatura. A polícia fez rondas pela região e o encontraram a 1,5 km de distância, ainda no bairro Caiobá. 

No boletim de ocorrência consta que o jovem teria investido contra a equipe policial, que usou progressivo de força para contê-lo. Próximo ao homem foi encontrada a .

O autor apresentava lesões aparentes na mão esquerda e ambos os joelhos ralados decorrentes da desavença com o sobrinho da vítima. O homem recebeu voz de prisão e foi levado algemado para a delegacia por estar agitado.

Saiba Mais