Um homem foi preso por agredir um guarda civil metropolitano nesta segunda-feira (13) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Universitário, em . De acordo com a GCM (Guarda Civil Metropolitana), o autor foi a unidade procurar por atendimento médico.

Ele teria ficado exaltado com a demora para ser atendido, momento em que o GCM foi conversar com o autor, quando começou a discussão. “Não vai sair, não vai sair não”, diz o servidor. “O cara me deu um soco na cara”, ressaltou o GCM. “Você vai ficar aí”, diz o guarda municipal.

Porém logo depois, o homem, com dois capacetes, um em cada mão, começa a agredir o GCM. Uma outra agente também está presente no momento do ocorrido. Após agredir o funcionário público, segundo a GCM, chegou uma viatura da Ronda Ostensiva Municipal da Guarda. No momento em que a guarnição chegou, o autor já confessou o ocorrido e foi preso em flagrante por lesão corporal dolosa.