Acusado de matar Davi Pedroso de Oliveira, de 35 anos, dentro de uma boate em , cidade a 361 km de Campo Grande, se apresentou na no último domingo (3).

O crime ocorreu em outubro de 2022, após uma discussão entre vítima e autor em uma boate, quando o suspeito desferiu uma facada no peito de Davi, que morreu.

Ao portal Idest, o delegado responsável pelo caso, Allan Patrick, disse que já havia um mandado de prisão pelo crime, além do suspeito estar foragido no estado do Paraná.