Três pessoas foram presas pelo assassinato do policia paraguaio, Sub Oficial Superior Victor Hugo Paredes em Zanja Pytã, cidade vizinha ao distrito de Sanga Puitã em Ponta Porã, a 323 quilômetros de , nesta segunda-feira (27). Homem de 28 anos confessou ser o auto dos tiros.

De acordo com a polícia, os três foram presos em uma propriedade localizada na colónia Potrero Sul. No local foi apreendido um revólver da marca Taurus, uma espingarda sem marca ou número de série com um cartucho calibre 36. De acordo com informações, o atirador chegou na desativada no distrito de Potrerito em uma moto. Ali, atirou várias vezes contra o militar, que ficou gravemente ferido.

Victor ainda foi socorrido por colegas, encaminhado ao em Pedro Juan Caballero. No entanto, não resistiu e morreu na unidade hospitalar.

Saiba Mais