A deflagrou, na manhã desta terça-feira (30), a Operação Malum contra a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), com cumprimento de 17 mandados em , a 444 quilômetros de Campo Grande. 

Segundo a PF, a facção criminosa comercializava armas, drogas, além da realização de sequestros, torturas e outros crimes. Em Corumbá, foi descoberto que parte do PCC estava armazenando cocaína para enviar para outras capitais do Brasil, mas principalmente para a região Sudeste e Centro-Oeste.

Foi também investigada a atuação da facção dentro dos presídios. Um dos crimes apurados foi o incêndio ao veículo particular de um policial militar, incêndio a residência de desafetos, sequestro e tortura de ex-membros da facção.

A ação contou com a participação de 46 Policiais Federais no cumprimento de cinco mandados de preventiva e 12 de busca e apreensão, nas cidades de Corumbá e Campo Grande.

Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara criminal da de Corumbá.

Os investigados poderão responder, inicialmente, pelos crimes de tráfico de drogas, participação em organização criminosa, incêndio, sequestro e comercialização de armas de fogo.