Proprietários de sítios localizados em área de conflito nas proximidades de retomadas registraram queixa contra indígenas nessa segunda-feira (14) em Dourados. Na denúncia, um grupo estaria ameaçando invadir uma sitioca na região.

De acordo com os sitiantes, os envolvidos estariam utilizando armas e teriam feito disparos. Na ocorrência registrada na delegacia, há relatos de que alguns indígenas estariam utilizando garrafas explosivas (coquetel molotov).

“[…] foram ouvidos estampidos de que assemelham de calibre 22′, desferidos pelos indígenas contra moradores e Agentes de Segurança Pública”, diz trecho de relato transcrito em ocorrência entregue pela PM na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

A reportagem do Midiamax entrou em contato com lideranças indígenas das retomadas que ficam nas proximidades das retomadas. “Os ataques partiram primeiro dos proprietários que contratam seguranças particulares. Nosso povo só se defende e sem o uso de nenhuma arma”, diz um morador de uma das retomadas existentes na região.

Há riscos de agravamento da tensão entre proprietários de imóveis localizados nas proximidades do anel rodoviário Norte, em Dourados.

No do mês de junho, equipes da foram acionadas para conter a invasão de uma empresa de lajes de concreto que fica às margens da rodovia. Funcionários que trabalhavam na fábrica foram expulsos por indígenas desaldeados, que depois saíram da propriedade.

Saiba Mais