Com superstições ou não, desde as primeiras horas desta sexta-feira 13, Campo Grande registrou várias ocorrências. Mortes, acidente, sequestro, espancamento, a manhã de hoje e as últimas horas de ontem foram agitadas no meio policial.

Nesta manhã, um detento, ainda não identificado, foi executado por atiradores na Gameleira. Informações iniciais passadas para o Jornal Midiamax são de que o preso estava dentro do ônibus quando dois atiradores entraram no veículo.

Ao ver os autores, o homem saiu correndo. Ele foi perseguido pelos atiradores pela rodovia e executado com três tiros no tórax. Os outros detentos fugiram ao verem os atiradores, assim como o motorista do ônibus. O Corpo de chegou a ser acionado, mas o preso já estava morto.

O motorista do coletivo contou que os atiradores ‘fecharam' o ônibus, o fazendo parar na rodovia. Em seguida, os suspeitos entraram e todos saíram correndo. Equipes do Batalhão de Choque foram acionados para o local.

Bêbado bate em ônibus

Um motorista bêbado na contramão bateu em um ônibus do transporte coletivo, nesta manhã, na Rua Brilhante. O motorista realizou o teste do bafômetro que confirmou a embriaguez. Ele foi encaminhado para a delegacia.

Informações passadas para o Jornal Midiamax são de que o motorista do ônibus estava indo para o terminal, quando o veículo Gol, de cor branca, entrou na contramão. O motorista do ônibus disse que tentou frear, mas não conseguiu evitar a batida.

No carro estavam três homens embriagados. Dentro do veículo, foram encontradas três garrafas de vodka, uma das garrafas acabou embaixo do carro com a batida, e um dos bancos do carro acabou se soltando. Ainda dentro do automóvel, os policiais encontraram uma artesanal e um rádio comunicador da polícia.

Sequestrado e roubado

As horas que antecederam a Sexta-feira 13 também foram agitadas na Capital. Por volta das 23h, foi registrado um boletim de ocorrência, o qual relatava que um homem havia sido sequestrado por quatro bandidos.

Segundo o registro policial, a vítima disse que ficou refém dos criminosos, mas conseguiu fugir.  Os bandidos usaram a motocicleta e o cartão da vítima para cometer delitos. Um dos suspeitos foi detido.

‘Pura Maldade' morreu durante troca de tiros

Também poucas horas antes de sexta-feira, Bruno Lander Alves de Matos, de 33 anos, conhecido como ‘Pura Maldade' do PCC (Primeiro Comando da Capital), morreu na noite dessa quinta-feira (12), no bairro Rancho Alegre, em um confronto com a Polícia Militar, em . Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas.

‘Pura Maldade' tinha passagens em 2017 e 2018 por tráfico de drogas e também por receptação.

Espancado em supermercado

Na manhã desta sexta-feira, um homem foi espancado em frente a um supermercado da Avenida Guaicurus, no Bairro Alves Pereira, em Campo Grande. Um homem ainda não identificado teria ido ao local e, por motivos ainda desconhecidos, começou a agredir o cliente.

O suspeito bateu a cabeça da vítima várias vezes no chão. Após cometer a agressão, o homem teria fugido na garupa de uma motocicleta pilotada por uma mulher. A vítima ferida foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

Vídeo: