A PRF (Polícia Rodoviária Federal) fiscalizou mais de 2,5 mil carros e prendeu sete pessoas por crimes de trânsito durante a Operação em rodovias de . O balanço parcial divulgado pela PRF é da última quarta-feira (11) até este sábado (14).

Ainda segundo a PRF, 3.021 pessoas e 2.555 foram fiscalizados. Realizados 1.133 testes de alcoolemia e emitidos 1.356 autos de infração. Ao todo foram 24 autos por alcoolemia e 241 multas por ultrapassagens irregulares.

Neste período foram 17 acidente com uma morte. A Polícia Rodoviária Federal iniciou na última quarta-feira (11), a Operação Nossa Senhora Aparecida 2023, nas rodovias federais do Mato Grosso do Sul que segue até este domingo (15).

Em Mato Grosso do Sul, os policiais estão distribuídos em 9 Delegacias e 23 Unidades Operacionais da PRF e reforçarão a fiscalização nos 4.078 quilômetros de rodovias federais, divididos nas onze rodovias federais que atravessam o estado, principalmente nos locais e horários onde os índices de criminalidade e acidentalidade têm mais incidência.

Acidente

O caminhoneiro Sérgio Morales Gasparoto, de 49 anos, morreu em um acidente entre duas carretas na manhã da última quarta-feira (11) em Nova alvorada do Sul, a 120 quilômetros de Campo Grande.

Sérgio seguia sozinho conduzindo a carreta com carga de refrigerantes. Ele era morador de Terra Rica, no Paraná. Com a batida de frente das carretas, Sérgio ficou preso às ferragens e morreu no local.

Na outra carreta carregada com estava um casal, que saiu ileso. O acidente aconteceu por volta das 5h e chegou a causar congestionamento de 32 quilômetros, segundo o site Alvorada Informa.

A carga dos dois veículos ficou esparramada pela pista e o acidente interditou totalmente os dois sentidos do trecho da BR-267, mais precisamente no km 210. A Polícia Civil e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) estiveram no local.