Sabino Ocampos Gimenez, de 44 anos, foi executado a nessa quarta-feira (27), na Estância Santa Teresa, que pertence ao ex-presidente da República do Paraguai Juan Carlos Wasmosy. A vítima era segurança e foi morta enquanto fazia rondas na propriedade. Ele estava em um dos portões que dá acesso à que liga a Bella Vista Norte, no departamento de Amambay.

Segundo o site em Dia, os tiros eram de arma de grosso calibre. A vítima estava em uma motocicleta. Ele morreu no local e caiu com o veículo entre as pernas. Até o momento, não há informações sobre o suspeito e o que possa ter motivado o crime.

A região onde o segurança foi executado é considerada extremamente perigosa pela atuação de traficantes e do EPP (Exército do Povo Paraguaio).

A Polícia Nacional do Paraguai e o Ministério Público reuniram um forte contingente policial para entrar na área correspondente ao posto policial da ponte Aquidabán. Informações mais detalhadas sobre o caso não foram divulgadas.