Foi identificado como José Antônio Araújo o segundo caminhoneiro morto na tarde de quinta-feira (5), em um grave acidente na BR-158. Samuel Pereira Fernandes também morreu no local, na região entre Três Lagoas e Brasilândia, a aproximadamente 350 quilômetros de Campo Grande.

Conforme o registro policial, o acidente envolveu o caminhão que transportava eucalipto conduzido por Samuel e um caminhão caçamba, onde estava José. Assim, outro caminhoneiro testemunhou o acidente e relatou o ocorrido.

Ele disse que dirigia o caminhão sentido a Três Lagoas, quando viu o caminhão caçamba na pista contrária, “comendo faixa”. Então, conseguiu desviar, mas foi atingido na lateral esquerda e teve o para-choque e para-brisa quebrados.

Em seguida, o caminhão caçamba atingiu o caminhão madeireiro que seguia atrás. Com a colisão frontal, houve o incêndio que matou os dois caminhoneiros carbonizados.

Conforme o site Rádio Caçula, José era morador em Nova Londrina, no Paraná. O caso foi registrado pela polícia como morte a esclarecer.