Conhecido como “Tavinho”, Otávio Augusto Pereira Martins, de 18 anos, morreu na madrugada deste sábado (8) após trocar com a em . Ele chegou a ser socorrido para A UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Tiradentes, mas não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, a polícia recebeu denúncias, por grupos de WhatsApp, que um Fiat Fiorino com registro de furto estava sendo usado para cometer crimes. Durante rondas, os policiais encontraram o carro estacionado na frente de uma casa, na Rua Doutor Pereira Leite, no Samambaia.

Como o portão estava aberto e o local já havia sido alvo da polícia outras vezes, a equipe entrou na vila de casas e encontrou Tavinho na primeira residência. Durante entrevista preliminar para entender o que estava acontecendo, o jovem atirou contra os policiais, mas atingiu a porta da casa.

que estava com Tavinho foi apreendida (Foto: Divulgação)

A equipe mandou ele soltar a arma, mas Tavinho realizou mais um disparo. Para se defender, o policial atirou duas vezes e atingiu o jovem, que foi desarmado e socorrido com fortes sinais vitais, segundo o boletim de ocorrência. Ele foi encaminhado para a UPA Tiradentes pelo Batalhão de Choque, chegou a ser atendido por uma médica plantonista, mas não resistiu.

Peritos e Polícia Civil foram acionados para o local do crime e arma do policial e do jovem foram apreendidas. O Fiat Fiorino foi encaminhado para a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Furtos e Roubos de Veículos) junto com um câmbio de carro, alavanca de câmbio, motor de arranque de carro, filtro de carro, pares de bengala de motocicleta, guidão de motocicleta que estavam na carroceria do veículo furtado.

O caso foi registrado como homicídio decorrente de oposição a intervenção policial na Depac Centro. Conforme apurado pela reportagem, Tavinho tem diversas passagens policiais quando adolescente.