Motorista auxiliar, de 26 anos, foi preso com 338,5 quilos de cocaína, droga avaliada em R$ 17 milhões, no início da tarde desta terça-feira (05) em Rio Bilhante, cidade a 160 quilômetros de . A prisão e foram feitas pelo (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira).

De acordo com a polícia, equipe da Defron, durante abordagens na rotatório após o pedágio de , sentido a Campo Grande, na BR-163, abordou um de uma empresa de turismo de Dourados que seguia para o estado de São Paulo.

Segundo a polícia, durante a inspeção, constatou-se que o ônibus possuía um fundo falsoconhecido como “mocó”. Em revista ao compartimento, os agentes encontraram tabletes de cocaína e muitos aparelhos celulares. Neste momento, o motorista auxiliar de 26 anos, confessou o crime e informou que era o responsável por esconder os produtos no ônibus e que o motorista não tinha nenhum envolvimento com o crime, além de todos os passageiros.

Os passageiros alegaram que estavam no ônibus, mediante pagamento de passagens, para irem até a cidade de São Paulo, na região do Brás para fazerem compras, inclusive com a presença de guia de turismo. Ainda segundo a polícia, todos foram qualificados, identificados e liberados no local.

Tanto o motorista quanto o motorista auxiliar foram conduzidos para a delegacia. O motorista auxiliar foi preso em flagrante por tráfico de drogas e, o motorista, nesse início de investigação, ouvido na condição de testemunha e liberado.

Após pesada, a droga totalizou 338,5Kg,. Os aparelhos celulares apreendidos estão avaliados em cerca de R$ 350 mil.

A Defron informa que mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas e receber denúncias, através do telefone (67) 99208-8808. Não precisa se identificar e a ligação ou mensagem serão mantidas em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Saiba Mais