A PMA ( Ambiental) de Miranda autuou um proprietário por supressão em Permanente. A polícia ambiental de Miranda ao realizar ambiental em uma propriedade rural localizada na margem esquerda do Rio Miranda, constatou a supressão de vegetação nativa em Área de Preservação Permanente, cerca de um hectare. No local também havia indícios de utilização do fogo.

Ao ser questionado pelos policiais ambientais, o proprietário relatou que havia sim feito a limpeza da área, mas não sabia quem havia ateado fogo no local. Diante do ocorrido, foi confeccionado auto de infração administrativa referente ao corte de árvores e queimada em área de preservação permanente, totalizando R$ 1.300 reais em multas.

Saiba Mais