Os detentos da Penitenciária Regional de ameaçam organizar um motim a qualquer momento, caso ocorra uma mudança no comando do presídio. O recado teria sido mandado por meio de um preso a partir de contatos com uma emissora de rádio da cidade que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

“Agora estamos tendo uma convivência muito boa com o diretor e com o chefe da segurança, agora eles querem mudar para oprimir os presos. Aqui o povo vai se revoltar e nós estamos cansados ​​de fazer o que eles querem com os presos”, disse um detento, que se identificou como porta-voz do movimento.

O detento afirmou que seria do Pavilhão Religioso do piso A, do estabelecimento prisional e falou em nome de 300 reclusos. Ele também garantiu que o referido motim pode se espalhar para outras prisões do país caso ocorra a mudança.

A penitenciária de Pedro Juan Caballero é chefiada por Domingo Antonio Bazán Rojas. Recentemente, no dia 8 de março, ocorreu o assassinato de um preso identificado como Alcides Rodrigo Ferreira Báez. Ele foi morto com 62 facadas após discussão com colegas de cela.

Saiba Mais