O homem de 52 anos que foi preso por vender cigarros eletrônicos em , na última segunda-feira (27), teve a liberdade concedida em audiência de custódia. Ele mantinha um depósito de cigarros no bairro Coronel Antonino.

A liberdade foi concedida nesta terça-feira (28), após o pagamento de fiança de R$ 500. A Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo) cumpriu mandados de busca e na casa do homem. 

O homem comercializava cigarros eletrônicos em vários bares da cidade, o que acabou sendo descoberto pela polícia. Quando os policiais chegaram à residência, encontraram um depósito de cigarros.

Na residência, foram apreendidos 33 cigarros eletrônicos e embalagens de outros 510, que o homem afirmou ter vendido durante a madrugada. Ele foi preso em flagrante por manter em depósito e expor à venda produtos proibidos por lei e será encaminhado ao juiz da custódia.

Saiba Mais