Na onda de ataques contra agentes penais paraguaios, que desencadeou deflagrada nesta quarta-feira (29) em quatro presídios paraguaios, a Polícia Nacional investiga ameaças feitas Rubén Ireneo Lombardo Cristaldo. Ele é diretor da Penitenciária de Ciudad del Este.

De acordo com informações divulgadas pelas autoridades paraguaias, as ameaças de morte também incluem familiares do diretor penitenciário e foi feita por meio de ligação telefônica.

“Já estamos tomando os cuidados necessários no sentido de proteger sua casa, realizando todos os procedimentos necessários e investigando de onde vêm essas ameaças”, disse o Comissário Chefe Jorge Vidallet, chefe de Investigações.

Uma equipe formada por policiais uniformizados das Investigações Criminais e da Unidade Antissequestro está cuidando das tarefas investigativas. A segurança pessoal de Rubén Ireneo e também da sua família foi reforçada.

Saiba Mais