Investigadores da 3ªDP de identificaram uma associação criminosa especializada em furtos a grandes construtoras e recuperou diversos matériais de construção e ferramentas subtraídas de uma obra, situada no Bairro Carandá Bosque, nesta capital.

De acordo com a polícia, engenheiro civil de uma construtora da capital, se dirigiu à 3ª DP de Campo Grande, informando acerca de um furto ocorrido em uma de suas obras, onde ao menos 02 indivíduos adentraram no local, subtraindo 43 latas de tinta, avaliadas em aproximadamente R$ 20 mil evadindo-se em dois veículos.

Ainda de acordo com a polícia, diante dos fatos, a equipe investigativa iniciou diligências, logrando identificar L.F.C.A (30) e A.Z.M(23). Um dos suspeitos do delito, indicou ter vendido os produtos a um empreiteiro, o qual utilizaria os materiais de construção em suas obras.

Suspeitando de que tais objetos estivessem em posse deste indivíduo, os Policiais Civis do SIG se dirigiram até sua residência, localizando as tintas subtraídas, diversas ferramentas e fios de origem desconhecida, além de alguns galões de tinta com a logo de outra grande construtora, levantando a suspeita de que os furtos foram praticados em outras obras.

Além dos objetos apreendidos, avaliados em cerca de R$ 70 mil, um veículo Hyundai/Creta, utilizado para a prática do crime, foi apreendido.

Os suspeitos do furto foram indiciados por furto qualificado, com de até 08 anos de reclusão. O receptador não foi localizado em sua residência.