A (Polícia Militar Ambiental) de Jardim autuou em R$ 2 mil dono de residência e empresa de perfuração por escavação de poço artesiano no centro da cidade sem a licença ambiental, em Jardim, cidade a 239 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a polícia, durante no perímetro urbano, policiais mbientais localizaram uma atividade de escavação de poço artesiano, que funcionava sem a licença ambiental. Ainda de acordo com a polícia, o poço estava sendo escavado ontem (15) à tarde no quintal de uma residência no centro da cidade e nem o morador e nem a empresa contratada para o trabalho possuíam a documentação ambiental para escavação.

A atividade foi interditada e foram apreendidos uma carreta reboque e a perfuradora de poço que estava sobre a carroceira da carreta. O proprietário a casa (72), residente no local e a empresa, com domicílio jurídico em Jardim, foram autuados administrativamente e foram multados em R$ 1 mil cada um, por funcionar atividade potencialmente poluidora sem autorização ambiental. Eles também responderão pelo crime com prevista de três a seis meses de detenção.

Saiba Mais