Com a de nove toneladas de maconha e a desativação de centro de processamento de drogas, nesta terça-feira (14), agentes paraguaios conseguiram causar prejuízo de 1,3 milhões de dólares.

A ação da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) aconteceu em uma área de mata fechada localizada na Colônia San Miguel, em Pedro Juan Caballero, na fronteira com .

A droga produzida no local era destinada ao abastecimento de facções criminosas do Rio de Janeiro, segundo informações da Senad. Além da droga, no local foi encontrada uma caminhonete usada pelos traficantes.

Durante a diligência, os policiais também apreenderam macacos hidráulicos, motosserras, gerador de elétrica e outros equipamentos utilizados na prensagem da maconha. Ainda segundo a Senad, o local estava estruturado para a produção de grandes quantidades de entorpecentes.

Prejuízo para organizações criminosas é de mais de US$ 1 milhão (Foto: Reprodução/Senad)