Um homem de 53 anos procurou a para denunciar um grupo de quatro pessoas, que invadiu seu estabelecimento na madrugada de domingo (19), onde fez destruição no local, além de agredir o seu filho de 23 anos, no Nashiville, em .

Conforme o boletim de ocorrência, o homem contou que o filho chegou à oficina com o braço quebrado e nariz sangrando, dizendo que três homens teriam o atropelado e batido nele. Minutos depois, quatro pessoas, sendo uma mulher, invadiram a oficina arrombando o portão com o veículo.

O grupo começou a agredir o jovem. Para se defender, o homem pegou uma barra de ferro e bateu no para-brisa do carro. O rapaz que dirigia o veículo chegou a prensar o homem com o veículo contra a parede, mesmo assim o homem continuou a bater no veículo com o ferro.

O grupo entrou e saiu da oficina várias vezes no intuito de destruir o comércio.

Nesse momento, o filho do homem saiu para a rua, quando chegou outro veículo, um Onix de cor branca e um indivíduo começou a efetuar disparos na direção do rapaz, que não foi atingido.

Ainda segundo o registro policial, o rapaz começou a convulsionar, nesse instante pai e filho entraram e fecharam a oficina.

Nesta manhã (20), um rapaz, acompanhado de outros três, em um Fiat Pálio, procurou o homem e armado ameaçou matar os dois, pai e filho.

O jovem foi encaminhado para uma unidade de saúde.

O caso foi registrado como lesão corporal dolosa, ameaça e disparo de de fogo.