Com a de 8 toneladas de maconha já em fase final de processamento, agentes da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) do desarticularam 15 acampamentos na região de Pedro Juan Caballero, na fronteira com .

A ação ofensiva dos agentes da 1ª Regional foi concentrada na área da Colônia Estrela, no Departamento de Amambay. Três pessoas foram presas e diversos utensílios necessários para o processamento da foram apreendidos.

A estrutura, segundo informações fornecidas pela Secretaria Nacional Antidrogas, funcionava com 3 geradores, 32 macacos hidráulicos, 8 prensas, 33 peneiras, 3 balanças eletrônicas e outros elementos. A operação foi acompanhada pelo procurador Celso Morales.