Uma mulher procurou a na noite desta segunda-feira (18) depois de descobrir que a avó de 86 anos estava sofrendo maus-tratos em uma clínica de idosos, em Campo Grande. A foi encaminhada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Segundo o relato da neta da vítima, ao chegar à clínica percebeu que a idosa estava com o ombro quebrado e desidratada. Ainda de acordo com a mulher, em nenhum momento foi comunicado à família o que estava ocorrendo. 

A idosa foi encaminhada para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino chegando a unidade desacordada. Não há informações do estado de saúde da idosa. O caso foi registrado como maus-tratos.

Maus-tratos é crime

Privar idosos de itens e cuidados essenciais é crime. O Estatuto do Idoso, Lei 10.741/2003, prevê como crime a conduta de colocar em risco a vida ou a saúde do idoso, através de condições degradantes ou privação de alimentos ou cuidados indispensáveis.

Determina o art. 102 que “apropriar-se de ou desviar bens, proventos, pensão ou qualquer outro rendimento do idoso, dando-lhes aplicação diversa da de sua finalidade” constitui crime punível com de reclusão de um a quatro anos e multa.