O motorista de um Ford Ka, de 44 anos, foi preso em na , na cidade de , a 253 quilômetros da Capital, na manhã desta sexta-feira (3) após ficar mais de dois anos com o carro sem devolver à locadora. O veículo foi alugado no estado do Mato Grosso, mas o condutor alegou não saber que tinha que devolver.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o motorista foi abordado pela equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) e apresentou sua CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e documento do veículo. Após consulta, os policiais constataram que o carro tinha registro de apropriação indébita, feito na cidade de Sinop-MT, no dia 18 de agosto de 2020.

O carro e o motorista foram levados para a da Polícia Civil. Ele alegou que assinou os papéis na empresa de locação, mas que “não tinha conhecimento de que seria contrato de aluguel”, afirmando ter negociado o carro.