Motorista de 50 anos, de um escolar de Naviraí, foi preso na quinta-feira (23) devido ao cumprimento de mandado de prisão por estuprar uma adolescente de 14 anos. O crime aconteceu dentro do próprio ônibus em dezembro do ano passado.

O homem foi preso na tarde de ontem quando estava em casa. No local ainda foi encontrada uma de fogo do tipo pistola com adulteração no mecanismo que possibilita o de munição calibre .22. Havia ainda 14 munições do calibre .22. Por este motivo, ele também foi preso em flagrante por posse irregular de arma de fogo.

O estupro aconteceu quando a vítima aguardava do lado de fora da escola o início de uma prova e foi abordada pelo homem, que é conhecido da vítima e de sua família. Ele a convidou para entrar no ônibus e perguntou se ela estava com fome, diante da negativa, o homem desceu do veículo e a puxou pelo braço, obrigando a menina a entrar no ônibus.

Depois a levou em uma lanchonete, porém no caminho de volta para a escola fez perguntas de cunho sexual. E ao chegarem se recusou a abrir a porta do ônibus e forçou o ato.

Em depoimento, o motorista negou o ato, dizendo apenas que a teria levado na lanchonete, mas diante da gravidade dos relatos da vítima, aliado ao fato dele residir em área rural e exercer função de motorista escolar, estando assim em contato não só com a vítima, mas também com outros adolescentes, além de demonstrar possuir comportamento voltado para a prática de delitos desta espécie, a delegada da DAM representou pela prisão preventiva.

O homem também responde outra ação penal por estupro de vulnerável na mesma área rural onde mora e trabalha.

Saiba Mais