Adalberto Rafael da Silva Amaral, de 35 anos, foi executado com pelo menos 17 nessa quinta-feira (9), em , a 351 quilômetros de . O crime aconteceu em frente a uma funilaria, e os pistoleiros fugiram.

Informações passadas pelo dono da funilaria onde estava Amaral, são que ele estava polindo um Fiat Toro e a vítima estava sentada bem próximo ao carro quando dois homens em uma chegaram e começaram a fazer os disparos.

Logo em seguida fugiram, mas durante a a motocicleta estragou e os pistoleiros tiveram de continuar a pé abandonando o veículo na rua. Do local do crime foram recolhidas cerca de 17 cápsulas. 

Não se sabe a motivação para o assassinato, e os autores são procurados. 

Saiba Mais