Um homem, de 40 anos, foi preso em por descumprimento de medida protetiva, após perseguir a ex, momentos depois de receber notificação sobre decisão. Ele ainda vai responder por ameaça e violação de domicílio. Crime aconteceu em , cidade a 309 km de Campo Grande.

Na tarde de quinta-feira (30) a mulher chegou correndo na delegacia, desesperada e chorando, afirmando que o ex a estava perseguindo. À polícia, ela contou que dias antes havia pedido medida protetiva contra ele, pois ele teria invadido sua casa, danificado a porta e apertado seu pescoço com agressividade, por não aceitar o do relacionamento.

Ela reside em uma casa muito próxima da do autor e ontem quando o oficial de justiça o notificou sobre as medidas protetivas de urgência, ele foi até o muro da casa da vítima e passou a xingá-la e ameaça-la. Depois pulou o muro da residência, mas ela conseguiu fugir e correr até a delegacia, onde pediu ajuda e foi abrigada.

Minutos depois, o homem chegou na delegacia e agressivo questionava de forma grosseira a medida protetiva. Foi dada voz de por descumprimento, ameaça e violação de domicílio. O homem resistiu à prisão, mas foi contido pelos agentes, por isso foi autuado também em desobediência e resistência.

A Polícia Civil representou pela prisão preventiva do autor.